7 de fevereiro de 2010

4 Anos da Galera Mais Feliz - GMF

Padre Fabio de Melo
Música: Eu Espero

Se você soubesse o quanto é intenso no meu peito
O amor que eu tenho por você e o que guardo aqui dentro
Se você voltasse sempre, se houvesse intimidade
Certamente deixaria de implorar por outro amor
Na distância é tão difícil ser amigo de alguém
Olhe para mim, eu preciso lhe dizer

Que eu espero por você
E não me canso de esperar
A porta aberta vou deixar
Se quiser pode voltar
E eu espero por você
E não me canso de esperar
Meu coração se alegrará
Quando você se aproximar

Se você se aproximasse do meu peito transpassado
Se aos pés da cruz ficasse, saberia o que é o amor
Se o amor que me oferece é tecido de palavras
Eu lhe estendo os meus braços, mostro em gesto o que é o amor
Na distância é tão difícil ser amigo de alguém
Olhe para mim, eu preciso lhe dizer

Essa musica traduz o começo da amizade da Galera Mais Feliz, o quanto esperávamos por cada reencontro, e o quanto a distância era algo que nos fazia dar valor as oportunidades de estarmos presentes.
Foram 4 anos de muitas lutas, muito crescimento, auto-conhecimento, e amadurecimento, o tempo levou o clima de descobertas e encantamento com o novo e trouxe o conhecimento dos limites de cada um, seus defeitos, manias, limitações e com isso vieram as discórdias, porém, quando parecia que nada mais tinha sentido dentro da amizade que Deus tinha colocado em nossos corações, o amor e a fraternidade que cada uma tem pela outra falaram mais forte em nós e aprendemos a amar a inutilidade de cada uma, aprendemos que o maior significado da evangelização através da amizade estava acontecendo primeiro em nós.
E hoje estamos aqui para testemunhar como a amizade, o amor, o carinho vivido em Deus é diferente de tudo que possa existir nesse mundo, faz com que o respeito e a liberdade caminhem lado a lado sem atritos.
Hoje podemos dizer que fomos evangelizados através da amizade, pois nela também aprendemos a muitas vezes dar mais do que receber.

Um comentário:

Fabrício disse...
Este comentário foi removido pelo autor.